Programa Educativo - Finalidade

A Proposta Educativa do Corpo Nacional de Escutas constitui a declaração das finalidades últimas da Associação, expressando a sua intenção educativa, com base na análise das necessidades e aspirações dos jovens num determinado tempo e num contexto sócio-cultural específico.

Neste âmbito, a intenção educativa do Corpo Nacional de Escutas, adequada ao tempo e à sociedade portuguesa presentes, está expressa na Proposta Educativa “Educamos. Para quê?”.

Educamos. Para quê?

Uma Proposta Educativa do Corpo Nacional de Escutas O CNE ajuda jovens a crescer

…a procurar a sua própria Felicidade e a contribuir decisivamente para a dos outros.

…a descobrir e viver segundo os Valores do Homem Novo.

O CNE procura, através do Método Escutista, ajudar cada jovem a educar-se…

...para se tornar consciente do Ser;

  • uma pessoa responsável, autónoma e perseverante;justa, leal e honesta
  • uma pessoa criativa e ousada face aos desafios e que cultiva o espírito crítico de modo a distinguir o essencial
  • uma pessoa alegre, sensível e compreensiva, consciente de si própria, das suas limitações e potencialidades
  • uma pessoa solidária e fraterna, que promove o respeito e a tolerância na sua relação com os outros
  • uma pessoa que assume integralmente o seu compromisso cristão como opção de vida
  • uma pessoa que respeita o seu corpo como manifestação de vida e com ele se relaciona de forma equilibrada

...para se tornar detentor de Saber;

  • uma pessoa que reconhece as suas imperfeições e as procura superar de uma forma constante
  • uma pessoa que busca sempre mais e usa esses conhecimentos para fundamentar as suas decisões, expressando adequadamente as suas ideias
  • uma pessoa que valoriza as sua emoções e afetos, vivendo-os em equilíbrio
  • uma pessoa atenta ao Mundo, no qual identifica o seu papel, valorizando o trabalho em equipa
  • uma pessoa que procura aprofundar sempre o seu esclarecimento na Fé
  • uma pessoa que conhece as capacidades e limites do seu corpo, reconhecendo as ameaças ao mesmo

...para se tornar preparado para Agir;

  • uma pessoa que, comprometendo-se, age de acordo com as suas opções, respeitando os outros e o mundo
  • uma pessoa empreendedora, ativa no desenvolvimento de iniciativas e que cuida da sua própria formação
  • uma pessoa que cultiva amizades e que vive o amor de uma forma plena, dando disso testemunho em família
  • uma pessoa que assume o seu papel na comunidade, exercendo a cidadania de uma forma participativa e generosa
  • uma pessoa que evangeliza pelo testemunho e pela partilha, no respeito pelas convicções dos outros, contribuindo assim para a construção da paz
  • uma pessoa que, reconhecendo o seu corpo como meio para transformar o Mundo, cuida dele em harmonia com o ambiente

O CNE ajuda jovens a crescer...

...para que com o Ser, Saber e Agir se tornem homens e mulheres responsáveis e membros ativos de comunidades, na construção de um mundo melhor.

O Projeto Educativo do Corpo Nacional de Escutas é o conjunto de objetivos e métodos, traduzidos em oportunidades, que contribuem para a construção de um percurso de desenvolvimento pessoal das crianças e jovens, sendo simultaneamente uno e plural:
i) uno, pois suporta uma pedagogia educativa para as crianças e os jovens dos 6 aos 22 anos, consubstanciando o método escutista criado por Lord Baden-Powell of Gilwell; 
ii) plural, porque composto por quatro projetos sequencialmente complementares, que são os Projetos Educativos de cada secção.

O Corpo Nacional de Escutas, na sua abordagem educativa, considera o desenvolvimento de todos os aspetos da personalidade das crianças e dos jovens, perspetivando-os – na sequência do processo internacional de Renovação da Ação Pedagógica, observadas as intenções do Fundador para o Movimento Escutista e englobando todas as dimensões da personalidade humana – em seis áreas de desenvolvimento pessoal:

  • Desenvolvimento  físico – o corpo
  • Desenvolvimento afetivo – os sentimentos e as emoções
  • Desenvolvimento do carácter – a atitude
  • Desenvolvimento espiritual – o sentido de Deus
  • Desenvolvimento intelectual – a inteligência
  • Desenvolvimento social – a integração social

Em cada uma das áreas de desenvolvimento pessoal estão identificadas prioridades educacionais – três trilhos educativos – que tomam em consideração as necessidades e aspirações das crianças e dos jovens em particular. Entende-se por trilho educativo cada eixo de crescimento a explorar em cada área de desenvolvimento pessoal, no âmbito dos quais se definem os objetivos de desenvolvimento pessoal.

O Corpo Nacional de Escutas, na sua abordagem educativa, considera o desenvolvimento de todos os aspectos da personalidade das crianças e dos jovens, perspectivando-os na sequência do processo internacional de Renovação da Acção Pedagógica, observadas as intenções do Fundador para o Movimento Escutista e englobando todas as dimensões da personalidade humana,em seis áreas de desenvolvimento pessoal.


Trilhos Educativos:

  • Desempenho rentabilizar e desenvolver as suas capacidades, destreza física; conhecer os seus limites
  • Auto-conhecimento conhecimento e aceitação do seu corpo e do seu processo de maturação
  • Bem-estar físico manutenção e promoção: exercício; higiene; nutrição; evitar comportamentos de risco

Trilhos Educativos:

  • Relacionamento e sensibilidade auto-expressão; intereducação; valorização dos laços familiares; opção de vida; sentido do belo e do estético
  • Equilíbrio emocional saber lidar com as emoções “controlar/exprimir”; manter um estado interior de liberdade; maturidade
  • Auto-estima conhecer-se; aceitar-se; valorizar-se

Trilhos Educativos:

  • Autonomia tornar-se independente; capacidade de optar; construir o seu quadro de referências
  • Responsabilidade ser consequente; perseverança e empenho; levar a bom termo um projeto assumido
  • Coerência viver de acordo com o seu sistema de valores; defender as suas ideias

Trilhos Educativos:

  • Descoberta disponibilidade interior; interiorização progressiva; busca do transcendente no específico cristão
  • Aprofundamento dar testemunho pelos atos do dia-a-dia; viver em comunidade; estar aberto ao diálogo inter-religioso
  • Serviço integração e participação ativa na Igreja; participar na construção de um mundo novo; evangelização

Trilhos Educativos:

  • Procura do conhecimento desejo do saber; procura e seleção de informação; iniciativa; auto-formação
  • Resolução de problemas capacidade de análise e síntese; utilização de novas técnicas e métodos; seleção de estratégias de resolução; análise crítica da solução encontrada; capacidade de adaptação a novas situações
  • Criatividade e Expressão apresentação lógica de ideias; criatividade; discurso adequado

Trilhos Educativos:

  • Exercer ativamente cidadania direitos e deveres; tolerância social; intervenção social
  • Solidariedade e tolerância serviço; interajuda; tolerância
  • Interação e cooperação assertividade; espírito de equipa; assumir o seu papel nos grupos de pertença